Em dois anos Quintella destravou todas as obras para Alagoas no Ministério dos Transportes
Graças a Quintella,Alagoas tem R$ 1,5 bi para infraestrutura

Em dois anos à frente do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, o ex-ministro Maurício Quintella, solucionou todas as pendências de Alagoas na área dos transportes na Pasta e deixou a execução de obras no Estado em mais de R$ 1,3 bilhão.

Um dos últimos atos de Quintella como ministro dos Transportes foi entrega de mais um trecho da duplicação da BR – 101 Nordeste, ligando 2 capitais. A BR-101 Nordeste é um eixo de integração nacional, que tem 1.047 Km, que vai de Natal (RN) até Feira de Santana (BA), integrando 69 municípios e 6 capitais. Quando Quintella assumiu o cargo de Ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, há 22 meses, a duplicação da BR-101 estava totalmente paralisada, com trechos abandonados, empresas sem receber os devidos pagamentos e diversos acidentes.

Maurício Quintella explica que em sua gestão à frente do ministério foram entregues 90 Km da BR – 101 Nordeste. “Destravamos, retomamos e já estamos entregando obras que estavam sem perspectiva. Eram dívidas históricas que os governos tinham com o nosso povo. A BR – 101 é um exemplo disso. Estava há, pelo menos, 20 anos na fila. Os investimentos na nossa infraestrutura mudarão o nosso patamar de desenvolvimento. No parlamento, a disposição de servir ao meu Estado permanece. Vamos continuar avançando”, ressalta o ex-ministro.

Entre as melhorias na BR – 101 estão a conclusão do lote de 24,6 Km mais ao Sul de Pernambuco entre Palmares e a divisa com Alagoas, no valor de R$ 250 milhões, a entrega do Lote 3, de 46 Km em Alagoas, entre Rio Largo e Joaquim Gomes, no valor de R$ 300 milhões. Com isso, são 4 capitais interligadas em via duplicada: Natal (RN), João Pessoa (PB), Recife (PE) e Maceió (AL); a entrega de 19 Km duplicados na Bahia; o avanço nas obras no trecho Sul de Alagoas, em Sergipe e na Bahia.

Graças aos esforços de Maurício Quintella foi possível conseguir recursos para a duplicação do trecho da BR – 101 em área indígena. Esse é o último segmento que falta para a conclusão da duplicação do corredor. A aprovação da medida depende da anuência das comunidades indígenas.  Por meio do diálogo com as tribos e cumprindo o que foi combinado, Quintella conseguiu a liberação de R$ 4,8 milhões para atender aos pleitos indígenas.

Outras melhorias garantidas por Quintella à frente do Ministério dos Transportes foi o início da licitação da restauração da BR – 104 e da BR 316, na entrada de Maceió; a travessia urbana de Palmeira dos Índios; a manutenção da BR – 101; além da realização de Postos da Polícia Rodoviária Federal.

“É importante ressaltar que assumimos o ministério em uma época de crise econômica e política no Brasil. Apesar de todas as dificuldades, aceitei o desafio” destaca. “Mesmo com todas as obras paradas no país inteiro, os construtores e empresários sem confiança para investir e o orçamento contingenciado, o ministério cresceu e diversas conquistas foram obtidas.”

Se em maio de 2016, quando Quintella assumiu o ministério, as obras estavam paradas, hoje a realidade é outra: são R$ 1,3 bilhões contratados. À frente do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação, Quintella não esqueceu de seu Estado e cumpriu à risca todo o plano de investimentos do Governo Federal para Alagoas. Entre os feitos de Quintella por Alagoas estão a duplicação da BR – 101 – Alagoas; a pavimentação da BR – 316 – Carié – Inajá; a liberação do orçamento e início das obras do viaduto da PRF; a manutenção da Malha Rodoviária; novos Projetos Rodoviários; investimentos no Porto de Maceió; a dragagem do Rio São Francisco e melhorias no aeroporto Zumbi dos Palmares.

Além de todas essas conquistas para Alagoas, Quintella foi o responsável pela viabilização de recursos para a construção de aeroportos regionais de Maragogi, Arapiraca e de Penedo.

Cadastre-se aqui 

Gostou deste conteúdo? Faça um comentário!

avatar
Fechar Menu