Quintella e atual ministro dos Transportes fazem maratona de visita às obras e anúncio de investimentos em Alagoas
Maurício_quintella_br_101

O deputado federal e ex-ministro dos Transportes Maurício Quintella acompanhou o seu sucessor na Pasta, ministro Valter Casimiro, na visita às obras da área de transporte, e no anúncio de investimentos no Estado de Alagoas. O encontro aconteceu na quinta-feira da semana passada. A agenda começou com visita ao Porto de Maceió e terminou com a entrega de mais um trecho da BR-101.

O primeiro ponto de parada da dupla foi o Porto de Maceió, onde foi celebrada a entrega da dragagem do porto, obra que promete estimular o turismo e economia local. Ainda na ocasião, foi assinado o contrato para a construção do terminal de passageiros do porto e foi doado o anteprojeto de dragagem dos canais do Complexo Estuarino Lagunar Mandaú-Manguaba. A ação faz parte do Programa Avançar e tem 14 meses de duração.

São quase R$ 250 milhões investidos em obras dos estores portuários, aeroportuário, e rodoviário. Quintella foi o responsável pela captação de parte dos recursos e início das obras. “Quando assumi o Ministério dos Transportes, todas as obras em Alagoas estavam paralisadas e hoje temos recursos que chegam a R$ 1,3 bilhões revertidos em diversas obras pelo estado. Eu tinha de ser um bom ministro para o Brasil, mas trabalhei para fazer a diferença na vida da população alagoana e fico muito satisfeito de colher hoje as ações que plantamos ao assumir o ministério”, disse Quintella.

Ainda no Porto, Casimiro anunciou investimentos para os aeroportos regionais de Maragogi e Arapiraca e assinou o Termo de Compromisso (TC) para elaboração do projeto básico do aeroporto regional de Maragogi, no valor de R$ 3,2 milhões. O empreendimento tem por objetivo consolidar a cidade como um dos principais polos turísticos da região Nordeste.

Viaduto da PRF e liberação de trecho da BR-101

No início da tarde, Quintella e Casimiro visitaram a obra do viaduto da Polícia Rodoviária Federal (PRF). O empreendimento também faz parte do Programa Avançar e está orçado em R$ 77,4 milhões, dos quais, R$ 63,8 já foram repassados para o DNIT. Dentre as entregas está o viaduto, uma rotatória, duas trincheiras e pista de passeio e ciclovia. O objetivo da obra é eliminar o principal ponto crítico da região metropolitana de Maceió, por onde passam mais de 50 mil veículos por dia.

A maratona de visita às obras terminou com a liberação do tráfego em pista dupla em 10 quilômetros da BR-101/Alagoas do trecho entre Teotônio Vilela e Junqueiro. Com a liberação, a BR-101 atinge 156 quilômetros de duplicação, 63% do total da rodovia.

Cadastre-se aqui 

Gostou deste conteúdo? Faça um comentário!

avatar
Fechar Menu