Um dos primeiros a perceber a suspeição na compra da usina de Pasadena pelo governo brasileiro, o deputado Maurício Quintella foi um dos autores do pedido de criação da CPI. À época, ele levou o assunto à Comissão de Minas e Energia, em 2012. O primeiro pedido de CPI, que reuniu 199 assinaturas — 28 a mais que o mínimo necessário, 171

O requerimento de CPI propôs uma ampla investigação nos contratos internacionais da Petrobras. O pedido surgiu principalmente a partir da compra pela estatal de uma refinaria em Pasadena, nos EUA em 2006. Desde então, a Petrobras investiu US$ 1,18 bilhão no negócio (R$ 2,53 bilhões).

Fechar Menu